Exposição do artista holandês está em São Paulo até 17 de julho de 2011

Famoso por seus desenhos que retratam uma arquitetura impossível, o matemático holandês Maurits Cornelis Escher, produziu, durante sua vida, por volta de 488 litografias, esculturas e gravações em madeira, e mais de 2000 desenhos.

Escher nasceu em 1898, em uma época em que se pensava que o advento da fotografia iria muito em breve substituir as pinturas. Provando o contrário, Escher criou desenhos que jamais poderiam ser reproduzidos através da fotografia, focados naquilo que é fisicamente impossível e fazendo intenso uso da ilusão de ótica. Apesar de ter produzido outras obras de excelente qualidade, mais convencionais, foram essas suas estranhas criações que o fizeram famoso. Apesar de nunca ter chegado ao terceiro grau, Escher usava recursos de matemática avançada para a produção de sua arte.

A exposição de suas obras, que acontece em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, desde o dia 19 de abril, traz 95 obras originais do artista, além de projeções 3D e obras com a qual o público pode interagir. A entrada é gratuita e está aberta a visitantes de todas as idades.

O Mundo Mágico de Escher :: 19 Abr a 17 Jul :: Local: Subsolo, térreo, 1º, 2º e 3º andares | CCBB SP :: Horário: Terça a domingo, das 09h às 20h