A falta de investimento na cultura, inclusive no teatro, não é nenhuma novidade no Brasil.
A peça teatral “Baião de Dois”, apresentada em São Paulo por Vida Vlatt e Renato Galvão, é uma iniciativa dos próprios atores para, segundo Vida, “trazer alegria e risadas para as pessoas”, e não conta com patrocínios ou ajuda do governo. Ao encerrar cada apresentação, a atriz explica que a divulgação é mesmo feita pelo “boca-a- boca”, e pede para que o público recomende a peça para quem tiver interesse. O ingresso que for passado a diante, garante um desconto para a próxima pessoa que for assistir à peça.
“É muito difícil fazer teatro sem patrocínio”, afirma Renato, “porque temos muitos gastos. Fazemos a divulgação com o que é possível, fazendo permutas e parcerias com empresas”.
Apesar de todos os percalços, a peça, que foi escrita pela própria atriz do espetáculo, Vida Vlatt, muito conhecida por sua interpretação de Ofrásia, no antigo programa do Clô, faz grande sucesso. A apresentação é dividida por diversos esquetes, historinhas curtas de humor, e faz rir quem quer que a esteja assistindo.
“Você não pára de rir”, diz Renata Carvalho, bióloga, que já assiste à peça pela segunda vez, “é um humor popular, você pode ser rico, pobre, culto, ou ter qualquer profissão, tenho certeza de que vai rir”. A opinião parece ser unanime, as risadas não param de ecoar na platéia. Os próprios atores reconhecem pessoas que já assistiram à peça antes, e brincam com eles.
Embora haja um grande número de personagens, eles são interpretados por apenas dois atores. “Quanto menos gente”, diz Renato, “mais responsabilidade para os atores, e mais texto para decorar”. Realmente, não parece nada fácil para Renato e Vida, já que, a cada cena, os dois precisam interpretar personagens completamente diferentes, e até trocar de figurino. Os atores, entretanto, não demonstram qualquer insatisfação em relação ao seu trabalho: “Quem faz teatro, faz pelo prazer”, afirma Renato.
Os esquetes vão desde contos de fadas satirizados a bizarras traduções simultâneas para surdos. Além da constante interação dos atores com a platéia, há sempre a distribuição de brindes ao final de cada apresentação.
O espetáculo “Baião de Dois” acontece toda quinta-feira no teatro Ressurreição, na Rua dos Jornalistas, 123, às 21:00. O ingresso pode ser comprado na bilheteria do teatro pelo valor de 40,00 reais. A Classificação é 14 anos.
Mais informações: www.teatroressurreicao.com.br

Clique no link a seguir para fazer o download de um flyer para ganhar um grande desconto no seu ingresso.