A Fada

Fadas são representadas frequentemente nas artes. Aparecem na dança, na música, na poesia, na pintura, e em outras formas de expressão da Arte. É um de meus temas prediletos, como se pode ver na imagem ao lado, que retrata um trecho de um de meus trabalhos com arte digital. Para mim a fada é uma criatura sublime e liberta. É invisível aos nossos olhos por ser uma essência da vida. Ela está sempre celebrando a Natureza e a vida, como numa dança amorosa e alegre.

Acredito que uma fada possui poderes mágicos. Através do coração ela usa um poder transformador para fazer surgir algo que estejamos desejando. E também através do coração é que podemos contatá-las e senti-las. Por não ter uma forma, podem se manifestar onde e como queiram, até mesmo em nós, seres humanos – como uma atitude ou um “insight”.

Elas se manifestam onde há vida pura e divina, pois são protetoras do bem e do amor. Um bom coração as atrai, faz com que elas se sintam bem e compartilhem seu entusiasmo. Elas dão forma e colorem ainda mais o ambiente projetando seu brilho vital.

Através de sua vibração, criam calor e magia. E por se encontrarem no coração sua magia é verdadeira, da natureza do bem. Realizam aspirações do nosso ser mais profundo, como também dos outros seres da natureza.

Sua existência é uma dança contínua, imperecível e eterna. Podem ser encontradas em meio à vegetação, na água, ou em outros locais que concentram vitalidade e movimento. Conforme acreditamos nelas e nos identificamos com elas, se fazem perceber com maior facilidade, podendo até mesmo se integrar ao nosso dia a dia, passando a fazer parte da nossa vida.

Eu acredito nas fadas, e você?

 

 

One thought on “A Fada”

  1. Tamara querida,
    considerando-se que elas podem ser representantes da fagulha Divina, certamente é possivel acreditar nelas… por que não colocá-las mesmo no nosso dia-a-dia?!!! Linda sua percepção! bjos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *