Home»Destaque»Iogurte feito em casa

 

Olá, entre os básicos de uma alimentação natural está o iogurte caseiro.

Produtos lácteos fermentados têm sido essenciais na dieta humana em muitas regiões do mundo desde tempos imemoriais. Aparentemente passaram a ser consumidos desde que passamos a criar animais domésticos quando pastores perceberam a fermentação do leite, espontânea, que carregavam em suas bolsas confeccionadas com couro de cabra. As evidências mostram essas associações com os povos sumérios e babilônios da Mesopotâmia, egípcios, no norte de África, leste, e indo-arianos da Índia. Os Vedas, antigas escrituras indianas, que datam de 5.000 anos, mencionam o dadhi. Também  na medicina Ayurvédica o leite fermentado (Dadhi) é citado como benéfico para a saúde e com propriedades para combater doenças.

Sônia Hirsch o classifica entre “coisinhas azedas do bem” em seu livro “Candidíase – a praga”. Ela escreve que o leite de vaca in natura pode causar uma série de problemas digestivos e alergias, além de ser produzido com hormônios e antibióticos. Fermentado, o mesmo leite se torna benéfico para a maior parte das pessoas, desde consumido com moderação.

 

Iogurte é bem fácil de ser preparado, basta tomar cuidados extras com alguns ítens de higiene dos utensílios a serem usados, de preferência em vidro, cerâmica ou aço inox.

Agora no outono e inverno, com temperaturas mais baixas, uma iogurteira é bem vinda, mas não necessária. Há formas de driblar sua ausência e produzir delicioso iogurte, sem químicos e sem ser industrializado. O forno pode ser aquecido a 50°C por uns minutos, desliga-se e então colocam-se os vidrinhos ou panela envoltos em uma toalha grande ou um pequeno cobertor (mas se estiver muito frio esse calor inicial não vai deixá-lo tomar consistência que se deseja). Uma caixa de isopor pode também ser aquecida com água de quente para morna (deixar cerca de uns 2 dedos de água morna) e colocar  os vidros ou panela dentro. Vítor Hugo sugere também a possibilidade de se fazer dentro de uma garrafa térmica, de uso exclusivo para isso, se levar-se em conta o cuidado especial com a higiene desta após cada uso. Já no verão costumo colocar os vidros dentro do forno pois acho que na iogurteira ele fica muito aquecido, sabor azedo demais e dessora um pouco. Isso porque minha iogurteira já é velhinha, tem mais de 20 anos… é elétrica, da Arno.

O iogurte precisa ficar bem quietinho enquanto se desenvolve, não é bom ficar mexendo nele ou trocando de lugar.

Para um iogurte inicial, embora possam ser usados iogurtes naturais industrializados como isca para o início do processo (lembra dos poréns acima levantados por Sônia Hirsch? ) , eu prefiro mil vezes iniciar seu cultivo com o fermento lácteo probiótico sem conservantes, próprio para isso: conheço a marca Bio Rich que funciona como eu gosto. Não é propaganda, apenas a-do-ro seu resultado e sabor em meus iogurtes.

Costumo prepará-lo em vidros pequenos, em geral faço 6 com 1 litro de leite daqueles de saquinho, de preferência tipo “B”, “A” ou premium. A gordura dá consistência e saboriza. Já caí na tentação e acrescentei umas 3 colheres de sopa de creme de leite fresco ao leite na hora de colocar a isca – obviamente fica delicioso mas ninguém pode ficar comendo gordura demais diariamente! E para se produzir iogurte desnatado vai ser necessário acrescentar gomas e amidos tal os industrializados, pois, com leite desnatado só conseguiremos produzir um iogurte muito líquido, aguado. A cada vez que você prepara deve guardar pelo menos 1 colher de sopa grande de iogurte pronto na geladeira para servir de isca para a próxima produção. Se bem conservado, pode ser reusado inúmeras vezes, essa isca, sempre renovada, pode ser guardada por anos. Agora, se por algum motivo você demorou a produzir de novo, a isca pode ter ficado velha, não custa conseguir no fermento lácteo para reiniciar o processo.

Vamos à receita:

IOGURTE NATURAL

1 litro de leite de saquinhos tipo “B”

1 envelope de Bio Rich (fermento lácteo probiótico para preparo de iogurte) ou 1 boa colher de sopa de iogurte natural preparado anteriormente ou industrializado.

1 colher de leite em pó desnatado (não costumo usar – mas dá maior consistência)

PREPARO:

Aqueça o leite até que um pouco antes de ferver (gosto de levar até cerca de 75°C) numa panela de aço.

Deixe-o esfriar até que chegue a 45°C. Se não tiver termômetro, teste com seu dedo minguinho: vc tem de conseguir deixá-lo dentro de leite aquecido por 10 segundos sem se queimar.

Nessa temperatura acrescente a isca (iogurte pronto). Se em vez de isca você for usar o fermento lácteo, primeiro coloque um pouco do leite num vidro e o conteúdo de um envelope. Misture bem e desmanche as bolinhas cor-de-rosa que ficarem antes de misturar ao restante do leite. Há quem coloque 1 colher de sopa de leite em pó nesse momento, para que fique bem firme. Eu não acho necessário.

Feito isso, misture tudo junto com um fouet. Passe para os vidrinhos ou panela ou utensílio de cerâmica e leve à iogurteira, ao forno, à caixa de isopor/ sacola térmica ou para a garrafa térmica. Cubra com a tampa ou com filme plástico.

Cubra tudo agora com um cobertor ou toalha grossa se for inverno. Deixe descansar por cerca de 5 horas na iogurteira, 7 horas se estiver no forno  ou até que o iogurte já tenha chegado à consistência que você goste.

Quando está pronto, retire da iogurteira e guarde na geladeira. Sua validade é para uma semana no máximo.

Um dos meus vidros invariavelmente vai para a gaveta especial da geladeira (ainda que uma colher de sopa bem cheia já seja o suficiente para seu preparo), escondido entre frutas secas, farinhas e grãos a serem usados para o café da manhã: linhaça dourada que compro as sementes e môo no liquidificador em pequenas quantidades e guardo na geladeira para usar, aveia, amaranto, damascos, peras secas, passas, etc.

Seus usos? dos mais diversos: puro, com geléia de morango, com a fruta e/ou granola da manhã, no tempero de uma bela salada (com alho, sal, gotas de limão, salsinha, cebolinha e azeite de oliva – por exemplo), no tempero da carne assada ou do frango; no preparo da coalhada seca para acompanhar seu pão integral em vez de manteiga, na confecção das Amabariss (bolinhas de coalhada seca temperada), no preparo de sobremesas e cremes doces (pode ser usado junto com creme de leite fresco e cream cheese no tiramissu em lugar do mascarpone), em cheesecakes… há muitas formas  e receitas para empregá-lo!

Sem contar que seu trabalho, seu carinho e sua energia estarão impressos no alimento que irá consumir!

Abraços!

 

53 Responses to "Iogurte feito em casa"

  1. Sandra   14/03/2015 at 15:34

    Acabei de fazer o iogurte e estou aqui na torcida para que de certo. Só vou saber o resultado ás 20:00 horas de hoje. Obrigada pela receita.

    Responder
  2. Denise   26/11/2014 at 22:15

    Boa Noite Edna
    Em qual temperatura chega a iogurteira? eu não tenho e pensei em colocar os potinhos prontos na panela de fazer arroz rssrrs sera que funciona? bom fazer pudim de leite nela funcionou rsrsr
    bjs obrigada pelo conhecimento

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   27/11/2014 at 12:42

      Oi Denise, acho que dá para deixar na panela ligada, se vc conseguir regular e manter a uma temperatura de uns 40°C. Senão, coloque água e aqueça até aquele ponto de mamadeira para bebê, tipo 45°C, coloque os potinhos tampados e deixe a panela desligada. Deixe descansar por cerca de 7 horas ou até que o iogurte já tenha chegado à consistência que você goste. Abraços

      Responder
  3. Andressa Piazza dos Santos   25/08/2014 at 22:36

    oii, fiquei em duvida quanto a guardar um copinho do iogurte para fazer o proximo. Por várias vezes tentei fazer o iogurte diluindo em um litro de leite o copinho de iogurte natural comprado (depois de aquecer o leite e fazer todos procedimento claro ahha), mas sempre deu errado, eu obtive como resultado um iogurte babendo sabe? parecendo uma gosta.. dai fico insegura em guardar um copinho para fazer o proximo iogurte, ja que tantos que fiz deram errado e joguei fora tanto leite ( que tinha se tornado uma gosma), acabo usando sempre os saches bio rich, mas é muito caro…. o que sera que fiz errado?

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   26/08/2014 at 10:32

      Oi Andressa,
      quando fiz iogurte a partir de um industrializado, isso me aconteceu também, conforme a marca fica um iogurte gosmento… Quando faço com bio-rich, primeiro fiz igual vc, sempre com um sachet novo, e fica caro sim. Depois fiz por vários meses seguidos com uma isca do anterior… sem ficar gosmento! Arrisque uma vez de novo para ver e esqueça os industrializados que deve dar certo! Eu passei a usar o bio-rich raramente, só se minha isca ficasse muito velha para recomeçar. Abraços, Edna.

      Responder
  4. Vera   30/04/2014 at 21:05

    amei sua receite acabei de tentar pela primeira vez depois conto como ficou uma dúvida eu usei um leite desnatado de pacote ou seja em pó fiz o leite um litro segui a receita direitinho usei um iogurte natural de supermercado . gostaria de saber se no contínuo com as íscas aos poucos a medida que for fazendo eles passarão a ser desnatado total será? se eu sempre usar as íscas no fututo?

    Responder
    • Edna Born   05/05/2014 at 17:27

      Oi Vera,
      Imagino que sim, com o uso contínuo de iscas seu iogurte será bem desnatado. Ele ficou firme? Caso queira firme lembre de colocar mais um pouco de lei em pó desnatado..
      Há pessoas que tem a isca já há muitos anos. Se com o passar do tempo o seu iogurte ficar muito ácido e isso te incomodar, volte a usar uma nova isca, ok? depois conte para nós como tem ficado seus iogurtes! abraços,
      Edna.

      Responder
  5. regiane   06/11/2013 at 08:32

    ola bom dia!! fiz o iogurte mas nao deu ponto , tem como eu salvar esse mesmo ou é perdido?

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   06/11/2013 at 09:07

      Oi Regiane,
      aconteceu comigo isso recente:
      eu aqueci um copinho de leite bem quente em separado, misturei com o iogurte que não chegou no ponto certo e ali coloquei um envelope de Bio Rich. Misturei bem, deixei no forno previamente aquecido e ficou uma delícia! Meu marido disse: humm esse iogurte hoje está tão bom… boa sorte! abraços, Edna.

      Responder
  6. Dânia Almeida   31/08/2013 at 22:53

    Ola Edna acompanho sua pagina e gostaria de sua opinião a respeito da iogurteira elétrica fun kitchen??Quase não fico em ksa e gostaria de praticidade já q infelizmente não tenho tempo de preparar meu próprio iogurte obgd Grata Dânia.

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   01/09/2013 at 21:13

      Oi Dânia, acho que pode ser bem mais prático usá-la, porém desconheço a temperatura que ela alcança. A iogurteira velhinha que tenho em casa da Arno, hoje em dia esquenta demais (convenhamos ela já funcionou bem uns 20 anos – já deu o que tinha para dar rsrsrsrs), hoje deixa estrias de soro quando termina mesmo na temperatura mais baixa. E o sabor do iogurte fica muito ácido, justamente pela temperatura além da desejada. Também não satisfaz na textura. Pesquisei agora rapidamente sobre a fun kitchen mas não descobri em que temperatura opera. Quem sabe vc vai numa loja tenha e olhe o manual, lá certamente terá esses dados. Na máquina é mais prático e vc pode deixá-la ligada… abraços e obrigada por participar! Conte para a gente se descobrir alguma coisa ou como fica se comprar!

      Responder
  7. altamira castro de almeida   12/07/2013 at 12:19

    Olá Edna,
    Sempre faço meu iogurte assim:
    1 caixa de leite integral
    1 caixa de leite desnatado
    limão
    Modo de fazer
    junte os dois na panela põe para ferver
    depois deixe esfriar ( um ponto que fique acima do morno)
    coloque um colher de chá de suco de limão e mistura depois, joga um copo de iogurte natural, mistura.
    Transfere para um recipiente de vidro, prende a boca com papel toalha fita adesiva com o palito de dente fure o papel, deixe ficar 12 horas descansando.
    Depois tire o papel e a fita e coloque na geladeira.
    Obrigada por dividir sua receita conosco! Abraços

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   01/09/2013 at 21:01

      Oi Altamira, interessante, vc acrescenta limão, que diferente! Seu iogurte deve ficar um pouco mais ácido, imagino… Minha sogra fazia ricota com limão no leite de pacote. Ela colocava quando a temperatura estava um pouco mais alta do que essa que usamos para o iogurte!Vale experimentar sua forma de preparo! Legal!!

      Responder
  8. eli   25/03/2013 at 17:46

    oi amei as receitas e gostaria de saber se alguem conseguio fazer com leite desnatado, minha dieta não permite o integral, e se com bio rich funciona
    obrigada

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   26/03/2013 at 16:09

      Oi Eli, funciona sim com o desnatado também. Vai ficar um iogurte menos espesso, mais ralo! Então vamos encontrar uma saída: acrescente umas 2 colheres de sopa de leite em pó desnatado também para que fique um pouco mais espesso. Isso consultando seu médico ou nutricionista para ver se ele(a) está de acordo. Mas que vira iogurte, vira sim! Acredito que os desnatados industrializados devam receber algum espessante como goma xantana ou outro que eu não conheça para ficarem num ponto melhor. O leite em pó já vai ajudar e acredito que não fuja à sua dieta. Uma outra saída seria cozinhar em fogo muito baixo 2 litros de leite desnatado até que resultem em cerca de 1 litro. E então fazer como descrito o iogurte normal. Lembre-se, de qualquer forma, de consultar seu orientador para sua aprovação, por segurança. Abraços!

      Responder
    • Daniel   25/05/2013 at 20:50

      Eli.
      Se for fácil para você conseguir utilize iogurte batavo ele deixa o iogurte beeemmm mais espesso mesmo com leite desnatado (UHT).

      Responder
  9. Vânia   23/03/2013 at 22:18

    Ei Edna,
    Sempre faço meu iogurte assim:
    1 pote de iogurte natural ( sempre compro em uma loja de produtos naturais, é muito bom)
    1 saquinho de leite pasteurizado.
    Faço todo o processo, mas não coloco o fermento lácteo, Bio Rich, ele fica firme e ótimo.
    Ultimamente guardo um pouco do pronto para fazer o próximo.
    Tem problema?
    Seu valor nutricional altera?

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   24/03/2013 at 13:15

      Oi Vânia,
      seu processo acaba sendo o mesmo que usando o Bio Rich como isca inicial. O importante que esse iogurte é ótimo e vc faz a continuação usando as iscas do seu iogurte. Não sou nutricionista mas acredito que o valor nutricional seja o mesmo! Afinal de contas, o que vc usa são lactobacillos vivos tb.
      Abraços!

      Responder
  10. Cristina pinto   11/03/2013 at 17:27

    Ola! Queria fazer o yogurte caseiro usando o bio rich, mas com leite de soja, pois sou intolerante a lactose. Da certo? O procedimento é o mesmo usado no leite comum? Obrigada.

    Responder
    • Edna H. Bergan Born   24/03/2013 at 12:35

      Oi Cristina,
      não sei se dá certo, acho que não… E o Bio Rich é composto de lactobacilos, será que eles mesmo não lhe farão mal? Quer saber, se fosse vc experimentaria para ver o que acontece! Teste e conte para a gente!!!
      abraços

      Responder
  11. LUNE   09/03/2013 at 08:44

    Fiz o iogurte e ele não virou, pois ficou mt líquido o que faço com este líquido agora? Poderia me ajudar? bjos Suas receitas são ótimas.

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   09/03/2013 at 12:31

      Oi Lune,
      Fico feliz que tenha gostado de minhas receitas!
      Seu iogurte não virou provavelmente por causa da temperatura. Já me aconteceu isso no inverno: o lugar onde coloquei para descansar não tinha temperatura suficiente para virar. Ou talvez seu leite estava muito quente na hora que colocou a isca ou o fermento lácteo; nesse caso pode ter matado os lactobacillos. Com esse líquido resultante, acho que não há nada a fazer a não ser descartá-lo pois pode ser que não sirva mais para isca, não vale a pena desperdiçar outro litro de leite. Mas, se quiser fazer um novo teste, tente e depois me conte do resultado. Abração

      Responder
  12. Tatiana   04/02/2013 at 14:01

    Se eu quiser adoçar tem que ser depois que ele está pronto?

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   04/02/2013 at 16:13

      Oi Tatiana,
      melhor adoçar quando ele estiver pronto, ok?! Nessa hora pode tb acrescentar alguns morangos e bater… fica uma delícia!
      abraços

      Responder
  13. Julio Silva   30/01/2013 at 15:01

    Eu e minha esposa amamos, mas gastamos sempre um pacotinho de Bio Rich.
    Mas tenho uma pergunta: Porque uma colher de sopa?
    Antigamente, ouvíamos falar que era 1 potinho de iogurte, com isso estaria desperdiçando ou o iogurte irá desandar?
    OBS: Não tenho experiência com isca, pois só uso pacotinho. (agora ele está caro pra xuxu! Hehehhe)

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   31/01/2013 at 09:17

      Oi Julio,
      vc pode economizar a partir de agora, então! Não há necessidade de usar pacotinho novo cada vez!
      Vocês podem usar um potinho inteiro de iogurte pronto ou 1 colher de sopa generosa da isca do iogurte anterior que vai dar certo.
      Um tempo eu usava o potinho inteiro para garantir. Depois, experenciando, eu gastei ainda um pouquinho do último potinho para comer e deixei o tanto de uma boa colher de sopa: e deu certo do mesmo jeito!
      O que percebi é que quando usei leite de caixinha UHT, na terceira isca usada, o iogurte ficava muito ácido.
      Agora, se vc usa o leite de pacote plástico, isso não acontece, uso muuuuitas vezes seguido a sobra do iogurte anterior e tenho a mesma qualidade de iogurte.
      Bons iogurtes! abraços

      Responder
      • Julio Silva   03/02/2013 at 13:29

        Testei aqui com 1 colher e meia, pois a minha não ficou tão grande quanto a sua na sua foto! E ficou beleza, o iogurte ficou ótimo, e eu só tinha leite UHT. Muito obrigado pela ajuda!
        Você acha que se nós pegarmos esse iogurte com UHT e fazer com um leite de saquinho agora vai dar certo?

        Responder
        • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   03/02/2013 at 19:10

          Olá!
          Nada melhor do que o experenciar, não é mesmo?! Que bom que o iogurte ficou bom!
          Acho que vai dar certo sim usando o de UHT para de saquinho!
          Qualquer novidade conte! abraços!

          Responder
  14. ilda   26/11/2012 at 15:55

    Boa tarde! gostaria de saber se fica bem durinho se eu usar duas colheres de leite em pó,em leite de caixinha!
    Grata! abraço

    Responder
  15. simone espindola   13/11/2012 at 18:21

    é muito bom parabems mais voce sabe facer leite fermentado

    Responder
  16. Ana   05/11/2012 at 21:12

    Oi, Edna,
    vc sabe se dá para congelar a “isca”? No mercado tem uns fermentos industriais mega-concentrados (para 20, 50 e até 500 l de leite). Eles são bem mais baratos que os bio-rich da vida. Eu pensei em fazer um litro concentrado e congelar em cubinhos para servir de iscas. Será que funciona?
    Grata,
    Ana

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   11/11/2012 at 12:47

      Olá Ana, eu nunca congelei isca de iogurte, então, só experimentando… o que já fiz foi quando p Rich era pacotinho para 10 litros: usava o tanto de uma colherinha de cafezinho do pó para cada produção e deixava o resto do pozinho no congelador bem fechadinho. E funcionava bem. Hoje uso só muito esporadicamente o pacotinho de Rich porque guardo a isca apenas na geladeira para a próxima produção. Uso a isca e guardo sempre uma fresca a cada vez. Assim não fica velha e o iogurte continua delicioso! A não ser que vc faça iogurte muito esporadicamente, essa isca pode durar muitos anos. Agora, já congelei kefir e consegui fazê-lo reviver fermentando novamente água ou leite. Como passei a apreciar mais o sabor de iogurte ele ficou lá no congelador num cantinho… abraços

      Responder
  17. Alol   14/10/2012 at 20:38

    Oi Edna,

    eu faço iogurte em casa, mas o meu é feito com a cultura tradicional Streptococcus thermophillus e do Lactobacillus bulgaricus. O iogurte tradicional não é probiótico (pelo menos até onde sei). No entanto, o Bio Rich, bem como o top therm e um outro que não recordo o nome, são probióticos. Eu consumo o meu iogurte diariamente em razão do valor nutricional deste alimento, porém por que não agregar mais um benefício e utilizar iogurte probiótico, não é mesmo? Então gostaria de saber de ti, que faz a reprodução do Bio Rich (separa uma pequena quantidade para fazer mais iogurte sem a necessidade de utilizar novo fermento): há diferença entre o primeiro iogurte (com o fermento do pacotinho 0 km) e os iogurte subsequentes? O site do Bio Rich informa que a reprodução deste fará com o o que o produto perca suas propriedades probióticas. Eu acredito que isso é conversa fiada para que assim sempre haja pessoas comprando o fermento deles. Como o Bio Rich não tem o Lactobacillus bulgaricus, pode ser que o pH final não fique tão ácido. O que me preocupa é se na reprodução só o Streptococcus thermophillus crescerá e os probióticos (os outros dois presentes no Bio Rich) não, perdendo este efeito. Não recordo se o Streptococcus sozinho é capaz de fazer iogurte. Eu vou comprar um pacote de Bio Rich e tentar reproduzir em casa.

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   14/10/2012 at 22:48

      Oi Alol,
      tb consumo iogurte pelos benefícios dele mas não tenho idéia se perde ou nas as propriedades probióticas quando multiplicado com iscas. Talvez teria de ser nutricionista ou química para saber… Minha área e formação é em Gastronomia.
      Quando eu fazia iogurte com leite de caixinha tetrapak, achava que usar isca por 2 ou 3 vezes deixava rapidamente o iogurte muito ácido. Preferia mesmo fazer sempre com novo pacotinho do Bio Rich, o sabor era muuuuito melhor. Agora, fazendo com leite de pacotinho, saco plástico, não percebo diferença. Posso usar por muitas vezes que o sabor e a aparência permanecem iguais. Descobrindo, por favor nos mantenha informados, é uma questão muito interessante! A mudança que pratico hoje é a que já me referi anteriormente num comentário, pois tenho concentrado o leite antes de fazer o iogurte. Perco um tanto de proteínas, forma-se uma casca grossa de nata sobre o leite e é necessário peneirá-lo. Mas fica numa consistência cremosa, deliciosa. E não adiciono gordura alguma como algumas pessoas acrescem o creme de leite. Espero notícias suas! abraços!

      Responder
  18. Suzi Salles   08/10/2012 at 14:26

    Olá Edna, boa tarde!!!

    Consigo fazer isca reservando um pouco do iogurte feito com fermento bio rich? Aguardo e obrigada!

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   09/10/2012 at 07:04

      Oi Suzi, bem vinda!
      Certamente pode fazer a isca com ele sim. A cada leva use o guardado na geladeira e guarde um vidrinho do novo, quando fica pronto; se vc demora para usar, a isca pode ficar meio velhinha… uma semana é legal, até 2 semanas tb. Abraços

      Responder
  19. Elaine Cristina   01/08/2012 at 13:37

    olá, ao invés de usar o leite em caixinha, posso fazer um litro de leite em pó para substituir o de caixinha?

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   01/08/2012 at 20:54

      Oi Elaine, já fiz com leite de caixinha mas não gosto tanto do resultado. Com leite de pacote é muito melhor(o de saquinho plástico)! Agora só com leite em pó, nunca experimentei: tenho minhas dúvidas se dá certo. Já acrescentei ao leite de pacotinho 1 ou 2 colheres de leite em pó para que o iogurte ficasse mais espesso… quer saber? Hoje resolvi complicar um pouco minha vida: compro 2 pacotes de leite, coloco na panela de cozinhar spaguetti (porque é maior) e ponho a cozinhar em fogo baixinho para não escorrer no fogão. Deixo concentrar até restar mais ou menos a metade – resulta tipo um leite evaporado, deixo chegar na temperatura certa, misturo minha isca de iogurte guardada, peneiro (ficam muitos grumos da cozedura ) e coloco na iogurteira. Resultado? um iogurte espesso, com mais sabor, delicioso! Um creme sem ter acrescentado creme de leite. Boa sorte no seu iogurte!

      Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   01/08/2012 at 20:58

      Elaine, teste com leite em pó e depois me conte o que achou! abraços!

      Responder
  20. talia oliveira   06/07/2012 at 16:20

    obrigada bem expicadinho, gostei muitoooOOO :)

    Responder
    • ivonete   25/07/2012 at 15:38

      eu tenho meu iogurte natural mesmo aquele que vem de geração cuido deles como se fosse um bebe

      Responder
      • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   28/07/2012 at 13:12

        Que legal, Ivonete! isso é um privilégio! Como vc cuida, conte para a gente! abços

        Responder
      • silvia regina gry   20/11/2012 at 13:36

        ivonete me conte como vc cuida eu ganhei uma muda nao sei bem como cuidar das isca desde ja obriogada um abraço

        Responder
        • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   20/11/2012 at 15:21

          Oi Silvia, estou tentando fazer a ponte com Ivonete, todos nó também queremos saber!!!
          Abraços

          Responder
  21. jullyane   02/07/2012 at 13:38

    esse vidro que vc coloca em qual gaveta da geladeira? a de cima ou a de baixo? equal a durabilidade desse iogurte reservado ?

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   03/07/2012 at 08:06

      Oi Jullyane, eu coloco os vidrinhos de iogurte na prateleira de cima ou, quando muito, na segunda pois são os lugares mais gelados da geladeira. O vidrinho que guardo como isca fica na gaveta presa na 2ª prateleira.Nessas prateleiras e com as condições de higiene e limpeza de todos os utensílios uso o iogurte em até 1 semana sem perda de qualidade. Confesso que já ficaram umas 2 semanas e não perderam a qualidade. Mas não é ideal. Quando há alguma alteração de cor eu os descarto. Não deixo de forma alguma na porta. Abçs

      Responder
  22. laine   01/03/2012 at 23:05

    nossa a receita é maraaaaa.estou começando agora com lactobacilos e adorei as informações, rápido e pratico.

    Responder
  23. Salete   01/03/2012 at 15:53

    Humm!!! realmente uma delícia.

    Responder
  24. lucinha   22/12/2011 at 18:27

    gostei muito da receita,pelo cuidadoso passo a passo já sei que vai dar certo.

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   22/12/2011 at 21:36

      Obrigada, Lucinha, agora no verão então… em 3 horas já está bem firme! bjos e Bom Natal!

      Responder
  25. eneida   14/10/2011 at 18:16

    Amei a receita do iogurte,bem explicativa e muuuito bom.

    Responder
    • Edna H. Bergan Born - http://ehbb.blogspot.com/   14/10/2011 at 21:21

      Fiquei super feliz que vc gostou! abçs

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Contato

Escreva uma mensagem para mais.com

mais.com Florianópolis, SC, - Brasil

Email